PrimeIT conquista, pela terceira vez consecutiva, o prémio de Empresa Feliz

PrimeIT conquista, pela terceira vez consecutiva, o prémio de Empresa Feliz

Junho 2, 2020

Este Website usa cookies

A PrimeIT voltou a participar no estudo da Happiness Works, que pretende avaliar a evolução da felicidade dos profissionais por sector, e ganhou, pelo terceiro ano consecutivo, o prémio de Empresa Feliz.

Em 2019, a consultora de IT tinha conquistado o 5º lugar, subindo três posições relativamente a 2018, e agora volta a estar entre as 15 empresas mais felizes de Portugal. Este ano, devido à pandemia, não foi possível apurar as posições, como nas edições anteriores, mas foi-lhe atribuído um nível de Felicidade Organizacional superior a 4 (numa escala de 1. Muito infeliz e 5. Muito Feliz), que engloba diversos factores como o reconhecimento e confiança por parte da organização, equilíbrio entre a profissão e a vida pessoal, envolvimento com chefias, ambiente interno e remuneração.

Uma vez mais, este galardão vem afirmar o mote defendido pela PrimeIT: “Levamos a felicidade muito a sério”. Esta é a base para um trabalho de excelência por parte da sua equipa, o que se comprovou através de toda a produtividade e empenho, que mesmo após quase três meses em teletrabalho, se manteve constante. Durante este tempo, a consultora de IT viu-se obrigada a preparar alterações aos mecanismos de trabalho, reinventando a forma como apresenta o seu serviço, mas garantindo a sustentabilidade dos postos de trabalho e o bem-estar dos seus colaboradores.

Felicidade_Corpo

Em entrevista, Inês Alves, Directora de Recursos Humanos, refere que “Os desafios que foram surgindo têm sido contornados de forma muito positiva e no que diz respeito ao bom ambiente do escritório, que tanto nos caracteriza e orgulha, fizemos questão de não o deixar para trás. Através do projecto #NósFicamosEmCasa, criado internamente, fizemos questão de levar a casa dos nossos Primers uma série de actividades e desafios para animar as suas quarentenas.” Consciente de que “é nas adversidades que surgem oportunidades para nos adaptarmos e reinventarmos e esta situação não foi excepção”, realça ainda que “aplicaremos as melhores lições aprendidas e que nos tornaram felizes mesmo numa fase mais complicada.”

Este ano, o estudo da Hapiness Works, o único em Portugal que conta com uma larga amostra de avaliação por parte dos funcionários de 11 sectores, contou com 5680 repostas, o número mais alto entre as suas nove edições. Apesar da pandemia do Covid-19, e do ambiente de incerteza provocado pelo confinamento, os resultados foram surpreendentes, sendo verificado um aumento global na Felicidade Organizacional.